photo lourdesalho-brasil02.gif

"Um exército inteiro de romanos, era incapaz de deter um punhado de galesas.
Elas surgiam convertidas em verdadeiras 'fúrias':
inchando o peito, relinchando como cavalos selvagens e rangendo os dentes,
se atiravam sobre os adversários dando patadas, mordidas e
praticando ações tão fulminantes, que todos diziam que elas se convertiam em verdadeiras catapultas.
Eram umas lobas que, à céu aberto lutavam raivosamente para proteger sua tribo."

DEIXE AQUI SEU DESABAFO, SUA DENÚNCIA OU SEU RECADO! FALA QUE TE ESCUTO!

As (os) que fazem a diferença...

Parabéns pelo excelente Site! "Meninas SuperPoderosas"

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

"Você está fazendo parte da melhor e maior seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs premiados - Selecionado pela nossa equipe,
você está agora entre os melhores
e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!
- Parabenizamos pelo ótimo trabalho! -
Confira o seu link no item: ' Blog ' http://www.vejablog.com.br/blog
- Os links encontram-se rigorosamente em ordem alfabética -"

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Zilda Arns Neumann

Queridos, o blog é das meninas super poderosas certo? Imprescindível não nos esquecermos das mulheres especiais que fizeram e fazem a diferença no Brasil. Resolvi homenageá-las e a primeira escolhida é um exemplo que jamais poderá ser esquecido. Beijos carinhosos a todos que passam por aqui.


Zilda Arns Neumann Médica especializada em pediatria, sanitarista e doutora, nasceu em 1934, na cidade de Forquilha, Estado de Santa Catarina. Desde cedo sentia vocação para a ajudar as pessoas.


Iniciou a sua formação acadêmica em sua cidade natal. Em 1959, concluiu o curso de Medicina na Universidade Federal do Paraná, na cidade de Curitiba. Se especializou em Educação Física, Pediatria  Social e em outros aperfeiçoamentos.

Iniciou como médica pediatra no Hospital de Crianças Cezas Pernetta, na cidade de Curitiba. Tornou-se viúva em 1978, era mãe de cinco filhos: Rubens e Nelson que são médicos;  Heloísa, psicóloga;  Rogério e Silvia, administradores de empresas.

Além de grande profissional na área médica, foi uma grande mãe dona-de-casa, conciliando a família, o serviço público e o consultório médico que tinha nos fundos de sua casa; o seu consultório funcionava no final das tardes.

Foi diretora da Associação Filantrópica Sara Lattes, onde organizou postos de saúde materno-infantil e coordenou o treinamento de alunas em magistérios e médicos residentes.

Em 1979, coordenou o Ano Internacional da Criança no Paraná, evento apoiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), com a participação no Ministério da Saúde. No ano seguinte, comandou a campanha de vacinação contra a poliomielite no Estado.

Em 1983, fundou e coordenou a Pastoral da Criança, órgão pertencente à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O órgão tem a missão de trabalhar contra a mortalidade infantil, numa ideia surgida entre uma conversa de James Grant, então diretor executivo do Unicef com Dom Paulo Evaristo Arns, irmão de Zilda, e arcebispo emérito de São Paulo.

O órgão possui milhares de voluntários que atuam em diversas comunidades pobres do Brasil. Dão apoio para as gestantes, supervisão nutricional, informações sobre o aleitamento materno, controle do peso e crescimento da criança. Há também o controle da diarreia e a prevenção da reidratação oral.

No dia 13 de janeiro de 2010, o comando do exército brasileiro no Haiti, confirmou que muitos milititares e civis brasileiros morreram no terremoto que atingiu o país. Entre as vítimas estavam a doutora Zilda Arns, de 75 anos de idade.

Na ocasião da notícia, o presidente da OAB, Cezar Britto, comparou a doutora Zilda Arns a Madre Teresa de Calcutá e a Irmã Dulce.  Em suas palavras o presidente Cezar Britto declarou:
“A morte de Zilda Arns, em plena ação missionária, no Haiti, tem a dimensão trágica e poética do artista que morre em cena. Dedicou toda a sua vida de médica sanitarista à causa dos desvalidos. Sacrificou a perspectiva de uma vida regular e confortável, que sua qualificação profissional lhe permitia, ao nobre ideal de submeter-se ao mandamento cristão de amar ao próximo como a si mesmo”.

Fonte: http://www.infoescola.com/biografias/zilda-arns/

3 comentários:

  1. Menezes meu caro, isto são horas de menino estar acordado? Blog tá ficando como imaginava? Mulherada é animada, tô gostando de ver... bjus

    ResponderExcluir
  2. Merecida homenagem! Esta mulher é o nosso orgulho. Um exemplo a ser seguido!
    Parabéns pela matéria!

    ResponderExcluir

Junte-se a nós por um Brasil limpo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOLTE SEMPRE!

Photobucket