photo lourdesalho-brasil02.gif

"Um exército inteiro de romanos, era incapaz de deter um punhado de galesas.
Elas surgiam convertidas em verdadeiras 'fúrias':
inchando o peito, relinchando como cavalos selvagens e rangendo os dentes,
se atiravam sobre os adversários dando patadas, mordidas e
praticando ações tão fulminantes, que todos diziam que elas se convertiam em verdadeiras catapultas.
Eram umas lobas que, à céu aberto lutavam raivosamente para proteger sua tribo."

DEIXE AQUI SEU DESABAFO, SUA DENÚNCIA OU SEU RECADO! FALA QUE TE ESCUTO!

As (os) que fazem a diferença...

Parabéns pelo excelente Site! "Meninas SuperPoderosas"

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

"Você está fazendo parte da melhor e maior seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs premiados - Selecionado pela nossa equipe,
você está agora entre os melhores
e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!
- Parabenizamos pelo ótimo trabalho! -
Confira o seu link no item: ' Blog ' http://www.vejablog.com.br/blog
- Os links encontram-se rigorosamente em ordem alfabética -"

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Marta não relaxou e teve que correr ao banheiro

Já que corrupto não vai para a cadeia, que tal o banheiro?


Matéria da Agência Senado trata do pronunciamento do Senador Mário Couto lamentando a sequência de escândalos no governo federal.
O senador lamentou que a população brasileira acorde diariamente com notícias de novos escândalos de corrupção.

- Onde isto vai parar?
O secretário-executivo do Ministério do Turismo é um dos presos.
Ontem, era o Ministério dos Transportes; depois, Agricultura, Turismo, Esportes...
- enumerou.

Na avaliação de Mário Couto, a corrupção no país aumentou depois que o PT conseguiu chegar ao poder na esfera federal.

- Eu já enjoei de chamar de corrupto.
São uns ladrões do povo brasileiro, daquele que paga o imposto em dia.
Este país não era tão corrupto antes do PT.
Todos os dias esta nação é roubada, e o seu povo mais sacrificado, os aposentados morrendo, e não se toma nenhuma providência
- protestou.


Durante o pronunciamento, a Senadora Marta Suplicy presidia a sessão e se manteve com cara amuada.

Responsável pela nomeação do ex-presidente da Embratur Mário Moysés, preso nesta terça-feira na Operação Voucher, a senadora Marta Suplicy (PT-SP) chegou a se esconder no banheiro do cafezinho do plenário para fugir dos jornalistas.
Impecável num tailler vermelho, Marta se encastelou na cadeira de presidente de olhos grudados no computador enquanto os senadores da Oposição se revezavam para criticar o novo escândalo de desvio de cerca de R$4 milhões no Ministério do Turismo, durante parte de sua gestão na pasta.

Mário Moysés foi braço direito de Marta em São Paulo, inclusive em suas campanhas políticas.
Mas ela se negou o tempo todo a falar sobre o rombo na pasta que administrou.

Quando o senador Mário Couto (PSDB-PA) falou de "ladrões" no Ministério do Turismo, citando as prisões de Frederico e Mário Moysés, Marta virou o rosto para o outro lado e ficou fazendo cara de impaciência.

- Malditos aqueles que roubam!
Mas vão pagar, doa a quem doer, presidenta!
- bradava Mário Couto, enquanto Marta nem se movia na sua direção, mantendo os olhos fixos na tela do computador a sua frente.

Por volta das 17 horas, quando o presidente José Sarney(PMDB-AP) chegou ao plenário para presidir a ordem do dia, ela não se levantou da cadeira.
Ele teve que ficar por alguns minutos em pé no plenário enquanto Marta, atabalhoadamente tentava ela mesma presidir a ordem do dia.
Mas, nervosa, começou a discutir uma matéria, sem sequer anunciar a abertura da ordem do dia.

- Para começar a ordem do dia, Vossa Exelência tem que primeiro anunciar a abertura da ordem do dia - repreendeu Mário Couto.

- Vou abrir, vou abrir - disse Marta.

Quando Sarney subiu à Mesa e retomou seu lugar, Marta continuou sentada ao seu lado, enquanto o grupo de jornalistas a aguardava embaixo.
Por fim, ela saiu da Mesa, mas refugiou-se no banheiro do cafezinho.

Os jornalistas se deslocaram então para a porta do banheiro e esperaram por mais de 20 minutos enquanto ela despachava lá dentro com assessores.
Quando finalmente ela saiu do banheiro, caminhou a passos largos fingindo que falava ao celular, ignorando as perguntas dos jornalistas sobre a prisão de seu homem de confiança.

- Não vou falar, tudo que tinha a dizer já falei - negou-se Marta, subindo novamente para a Mesa.
Confiram reportagem de O Globo.

A jornalista Maria Lima contou o que viu em detalhes no twitter.

* Marta Suplicy presidindo sessão do Senado.
Fez discurso sobre super simples e nada de ex-assessores presos

* Marta Suplicy está encastelada na presidencia da sessão mas não desgruda os olhos do computador, acompanhando evolução Operação Voucher.

* Sem relaxar, Marta Suplicy passou maus bocados hoje para fugir dos jornalistas.
Se escondeu no baneiro e tentou sair pelo buraco da taquigrafia.

* Mas o buraco da taquigrafia estava em obras e ela teve que voltar a se sentar na Mesa ao lado de sarney.
Está encurralada e de lá não sai.

* Cansada de se esconder na Mesa (quando sarney chega ela geralmente vai embora).
Marta acertou com seguranças saida por uma pssagem secreta.

* Saida atrás da Mesa que dá para a taquigrafia estava tracada com cadeado porque está em obras.
Seguranças abriram para Marta fugir dos jornalistas.

* O que custava Marta Suplicy falar com os jornalistas e defender abertamente seu pupilo preso na operação da PF?

Um comentário:

Junte-se a nós por um Brasil limpo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOLTE SEMPRE!

Photobucket