photo lourdesalho-brasil02.gif

"Um exército inteiro de romanos, era incapaz de deter um punhado de galesas.
Elas surgiam convertidas em verdadeiras 'fúrias':
inchando o peito, relinchando como cavalos selvagens e rangendo os dentes,
se atiravam sobre os adversários dando patadas, mordidas e
praticando ações tão fulminantes, que todos diziam que elas se convertiam em verdadeiras catapultas.
Eram umas lobas que, à céu aberto lutavam raivosamente para proteger sua tribo."

DEIXE AQUI SEU DESABAFO, SUA DENÚNCIA OU SEU RECADO! FALA QUE TE ESCUTO!

As (os) que fazem a diferença...

Parabéns pelo excelente Site! "Meninas SuperPoderosas"

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

"Você está fazendo parte da melhor e maior seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs premiados - Selecionado pela nossa equipe,
você está agora entre os melhores
e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!
- Parabenizamos pelo ótimo trabalho! -
Confira o seu link no item: ' Blog ' http://www.vejablog.com.br/blog
- Os links encontram-se rigorosamente em ordem alfabética -"

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Marina Silva debate o Código Florestal no iFHC




Marina Silva debate o Código Florestal no iFHC
 Em 27/09/2011 às 19:29, 1 comentário.
Tags: código florestal iFHC Marina Silva
Observatório Político


A Fundação iFHC recebeu nesta terça-feira (27/09) a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva. Ela falou sobre as mudanças no Código Florestal. Marina fez suas considerações contra a mudança no texto da Lei proposta pelo Congresso. “Precisamos passar no teste ao invés de mudá-lo”, disse a ex-ministra. Questionada sobre o sentido desta mudança, Marina afirmou a mudança se refere a mudança de um modelo civilizatório. “Passar no teste é mudar o modelo de desenvolvimento.”
Marina também destacou que o correto seria se debater um política florestal ao invés de um Código. “Sempre fui favorável a uma mudança no Código, mas precisamos sair do consenso oco e ver o que tem substância. É preciso fazer ajustes para integrarmos as conquistas”, declarou.
A ex-ministra também criticou a baixa produtividade de pecuária brasileira, onde, apontou, uma cabeça de gado ocupa em média 4 hectares. Ela também falou sobre as medidas para conter o desmatamento e disse que apenas medidas de controle não são suficientes.
Por fim, Marina acredita que o texto aprovado pela Câmara terá alterações no Senado, que tornem o Código “melhor”. “O problema é que o senador Luis Henrique está acumulando relatorias, assim como ocorreu com o deputado Aldo Rebelo”, analisou.
Após a exposição de Marina, o agrônomo André Nassar e o biólogo Fernando de Castro Reinach fizeram suas considerações.
Nassar criticou o posicionamento de Marina Silva e disse que o Código Florestal vigente é “muito bonito” no papel, mas tem problemas de execução.  ”A lei gera interpretrações casuísticas de como aplica-la. Falta objetividade em diversos critérios. É impossível aceitar esta lei como perfeita.” Ele defendeu mudanças na Lei, pois elas trarão benefícios ao setor produtivo e também colaborarão com o meio ambiente.
Com este argumento, Nassar afirmou que a reforma do Código Florestal é necessária. “As alterações criam condições melhores para o País.”
Reinach criticou o atual Código Florestal e também disse que o texto que tramita no Congresso é bem ruim. “O Código atual permitiu desmatamento e a versão que está em votação também é fraca. Precisamos de um texto coerente”, analisou.
O biólogo disse que o novo texto é confuso e não define termos de forma categórica, além de criar interpretações errôenas dos modelos de Reserva Legal e de Área de Preservação Permanente. “No geral, muitas definições são dúbias e deveria ser mais simples a ponto de alunos no nível médio entenderem o texto”, comentou Reinach.

Crocan Fhati

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Junte-se a nós por um Brasil limpo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOLTE SEMPRE!

Photobucket