photo lourdesalho-brasil02.gif

"Um exército inteiro de romanos, era incapaz de deter um punhado de galesas.
Elas surgiam convertidas em verdadeiras 'fúrias':
inchando o peito, relinchando como cavalos selvagens e rangendo os dentes,
se atiravam sobre os adversários dando patadas, mordidas e
praticando ações tão fulminantes, que todos diziam que elas se convertiam em verdadeiras catapultas.
Eram umas lobas que, à céu aberto lutavam raivosamente para proteger sua tribo."

DEIXE AQUI SEU DESABAFO, SUA DENÚNCIA OU SEU RECADO! FALA QUE TE ESCUTO!

As (os) que fazem a diferença...

Parabéns pelo excelente Site! "Meninas SuperPoderosas"

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

"Você está fazendo parte da melhor e maior seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs premiados - Selecionado pela nossa equipe,
você está agora entre os melhores
e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!
- Parabenizamos pelo ótimo trabalho! -
Confira o seu link no item: ' Blog ' http://www.vejablog.com.br/blog
- Os links encontram-se rigorosamente em ordem alfabética -"

terça-feira, 27 de setembro de 2011

MINISTRA CORREGEDORA DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, ELIANA CALMON, REFERE-SE AOS "MAGISTRADOS" COMO BANDIDOS DE TOGA....

O presidente do CNJ, Cezar Peluso, durante sessão do Supremo na semana passada (Foto: Carlos Humberto / SCO / STF)
Ministro Presidente do CNJ- CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA






Repercussão nas afirmações da Ministra corregedora Eliana Calmon,a Associação Paulista de Jornais. O jornal "Folha de S.Paulo" publicou trechos nesta terça.as declarações bombásticas, que existem bandidos togados",ao ser referir aos seus colegas Magistrados e Ministros.Afirmações estas, que foram recebidas com repudio, pelos Ministro e presidente do CNJ, e lida por ele,(Cesar Peluso).A corregedora afirmou que há "bandidos escondidos atrás da toga",” ao comentar a possibilidade de que o Supremo Tribunal Federal (STF) reduza o poder do CNJ de fiscalizar atos praticados por juízes.Isso mostra mais uma vez como os Poderes estão minados por corrupção e fraudes de toda espécie, é apenas, mais um episódio que só vem denegrir e trazer absoluta desconfiança no Poder Judiciário, por parte de toda a população.Até quando, teremos que presenciar tanto descaso e absolutamente tanta falta de pudor diante de tantos escândalos.Afirmam os Magistrados do Poder Judiciário, que é inconstitucional que o órgão CNJ, venha fiscalizar o mesmo.Esta na Pauta do dia 28 em que (AMB) Associação dos Magistrados do Brasil, que questiona a atuação do conselho.A Eliana salienta ainda que: "Já disse e está em todos os jornais. Acho que isto é o primeiro caminho para a impunidade da magistratura, que hoje está com gravíssimos problemas de infiltração de bandidos que estão escondidos atrás da toga", disse a corregedora na entrevista.Só vem ratificar o que a população pensa acerca do Poder judiciário, e infelizmente, tantos são os episódios, como o da inviabilização da Lei Seca, por parte do Ministro Luis Fux, com sua decisão em instância superior, inviabilizando a punibilidade, de motoristas que dirijam alcoolizados e envolvam-se em acidentes com mortes, no trânsito, como o ocorrido na última semana, em São Paulo, levando a morte de duas mulheres, mãe e filha que saia do Shopping Villa Lobos, quando foram surpreendidas por um veículo em alta velocidade, cujo condutor apresentava sinais de completa embriaguez.Por estes e outros motivos a "descrença" total da nação, que por sua vez não é vista com bons olhos o "Poder Judiciário".O que será preciso para mudar este cenário desmoralizante no nosso país?Governo repassa ao Congresso pedido de aumento do Judiciário CNJ promove mutirão no Pará para julgar casos de conflito no campo As declarações foram motivo do adiamento da sessão do CNJ na manhã desta terça para que fosse feita uma reunião administrativa, de onde era possível ouvir vozes exaltadas. A sessão do conselho foi aberta com uma hora e meia de atraso e começou pela leitura da nota de repúdio, conforme noticiado pelos jornais de grande veiculação no país.Asseverou ainda o presidente do CNJ que no texto, assinado por 12 dos 15 integrantes do referido, afirmam que as declarações são generalizadas e “ofendem a idoneidade e a dignidade dos magistrados”.E segundo o presidente do CNJ, tais  atitudes da Corregedora, não identificam pessoas, nem propiciar qualquer defesa, lançam, sem prova, dúvidas sobre a honra de milhares de juízes que diariamente se dedicam ao ofício de julgar com imparcialidade e honestidade".sem sombra de dúvida, houve uma generalização em torno de todo o órgão, pois nem todos ali são desonestos e como em todo lugar existem bons e maus profissionais.São afirmações que necessitam urgentemente de uma averiguação, diante da extrema gravidade das acusações, dentro de um órgão que deveria estar acima de qualquer suspeita.
De qualquer forma, a sociedade necessita de uma satisfação do que está acontecendo dentro dos referidos órgãos, pelo sim ou pelo não, a imagem está drasticamente arranhada, perante a nação.


Crocantinha Fhati

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Junte-se a nós por um Brasil limpo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOLTE SEMPRE!

Photobucket