photo lourdesalho-brasil02.gif

"Um exército inteiro de romanos, era incapaz de deter um punhado de galesas.
Elas surgiam convertidas em verdadeiras 'fúrias':
inchando o peito, relinchando como cavalos selvagens e rangendo os dentes,
se atiravam sobre os adversários dando patadas, mordidas e
praticando ações tão fulminantes, que todos diziam que elas se convertiam em verdadeiras catapultas.
Eram umas lobas que, à céu aberto lutavam raivosamente para proteger sua tribo."

DEIXE AQUI SEU DESABAFO, SUA DENÚNCIA OU SEU RECADO! FALA QUE TE ESCUTO!

As (os) que fazem a diferença...

Parabéns pelo excelente Site! "Meninas SuperPoderosas"

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

"Você está fazendo parte da melhor e maior seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs premiados - Selecionado pela nossa equipe,
você está agora entre os melhores
e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!
- Parabenizamos pelo ótimo trabalho! -
Confira o seu link no item: ' Blog ' http://www.vejablog.com.br/blog
- Os links encontram-se rigorosamente em ordem alfabética -"

sábado, 1 de outubro de 2011

Empresário do setor siderúrgico é preso por assédio sexual contra ex-funcionária




Empresário do setor siderúrgico é preso por assédio sexual contra ex-funcionária
Ele ainda é suspeito de cometer perseguição, ameaças e cárcere privado

Landercy Hemerson -
Publicação: 30/09/2011 23:52 Atualização: 01/10/2011 00:04

O empresário Rubens Teodoro da Costa, de 64 anos, foi preso no começo da noite de sexta-feira em cumprimento de mandado de prisão expedido pela Justiça de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha. Ex-presidente de uma divisão de uma grande siderúrgica, na década passada, ele responde pela acusação de assédio sexual, perseguição, ameaças e cárcere privado contra uma funcionária da empresa. Teodoro foi detido por volta das 18h, quando chegava em casa, no Bairro Buritis, Região Oeste de Belo Horizonte, por agentes da Superintendência de Investigações e Polícia Judiciária (SIPJ) da Polícia Civil.

De acordo com a delegada Andréa Vacchiano, coordenadora de operações da SIPJ, o empresário não resistiu e foi levado para a Delegacia Regional do Barreiro, para cumprimento do mandado de prisão. “Fomos informados do mandado expedido pelo juiz de Capelinha e seguimos para o endereço para cumpri-lo. Não temos detalhes dos procedimentos investigativos, mas fomos informados de que se trata de crimes de assédio sexual e até tentativa de homicídio, o que, após as denúncias, despertou clamor público. Acredito que, além de inquérito policial, ele esteja respondendo na Justiça pelas acusações.”

No dia 16, a psicóloga R.P.C., de 32 anos, denunciou o empresário em reunião da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. De acordo com ela, em 2007 foi admitida na empresa Acesita Energética-Florestal, atualmente Aperam Bioenergia, braço do grupo internacional Acellor-Mittal, para autuar junto às comunidades da região de Capelinha. Na época, passou a manter contatos profissionais com o executivo, com troca de e-mails sobre assuntos de sua área. Porém, segundo denunciou na reunião da comissão da ALMG, Rubens Teodoro passou a enviar mensagens marcando encontros amorosos e com ameaças, caso ela não aceitasse. R. garantiu que essa situação durou cerca de nove meses, até que um dia sua casa foi invadida por um homem armado e usando máscara de Papai Noel. Ela lembrou que, ao ser reconhecido, Teodoro a algemou e torturou durante uma hora, até a chegada do ex-namorado da psicóloga. 

A psicóloga afirmou que prestou queixa na delegacia da cidade e foi ao hospital para realizar exame de corpo de delito. Mas, para sua surpresa, o relatório do exame desapareceu. R. criticou a atuação da polícia local, pois, apesar de ter em sua casa as marcas das pegadas e das digitais deixadas por Teodoro, os agentes não se esforçaram para comprovar a denúncia. Depois do ocorrido, a psicóloga pediu demissão e foi para o exterior. Porém, segundo afirmou, há cerca de um ano Teodoro descobriu onde ela estava e voltou a ameaçá-la. RPC conta que procurou a polícia local, mas, como não tinha provas do assédio, o caso não foi investigado. Depois do depoimento, o presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado Durval Ângelo (PT), enviou cópia da denúncia para o Ministério da Justiça e Secretaria Nacional de Direitos Humanos.

Nessa sexta-feira, cerca de quatro horas depois de preso, nenhum advogado do empresário havia comparecido à Delegacia Regional do Barreiro para falar sobre as acusações. Depois de realizados os procedimentos administrativos, Rubens Teodoro seria levado para Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) do Bairro São Cristovão, Noroeste da capital. Em 2010. Teodoro teve expedido contra ele um outro mandado de prisão, mas conseguiu ficar livre, beneficiado por um habeas corpus. A empresa Aperam Bioenergia foi procurada, mas informou que não se manifestaria sobre o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Junte-se a nós por um Brasil limpo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOLTE SEMPRE!

Photobucket