photo lourdesalho-brasil02.gif

"Um exército inteiro de romanos, era incapaz de deter um punhado de galesas.
Elas surgiam convertidas em verdadeiras 'fúrias':
inchando o peito, relinchando como cavalos selvagens e rangendo os dentes,
se atiravam sobre os adversários dando patadas, mordidas e
praticando ações tão fulminantes, que todos diziam que elas se convertiam em verdadeiras catapultas.
Eram umas lobas que, à céu aberto lutavam raivosamente para proteger sua tribo."

DEIXE AQUI SEU DESABAFO, SUA DENÚNCIA OU SEU RECADO! FALA QUE TE ESCUTO!

As (os) que fazem a diferença...

Parabéns pelo excelente Site! "Meninas SuperPoderosas"

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

"Você está fazendo parte da melhor e maior seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs premiados - Selecionado pela nossa equipe,
você está agora entre os melhores
e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!
- Parabenizamos pelo ótimo trabalho! -
Confira o seu link no item: ' Blog ' http://www.vejablog.com.br/blog
- Os links encontram-se rigorosamente em ordem alfabética -"

sexta-feira, 13 de abril de 2012

PT TEM LÍNGUA PRÓPRIA







A língua do PT

Nunca diga “corrupção” quando um companheiro estiver envolvido. Soa grosseiro, preconceituoso, udenista. Prefira “malfeito”, no tom ligeiramente condescendente de mãe dando bronca em filho: “Que malfeito, menino!”

Mas evite chamar companheiro de “malfeitor”. “Corrupto”, nem pensar, claro. Se for inevitável adjetivar, tente “aloprado” ou qualquer coisa do mesmo campo semântico, denotando mais falta de jeito do que de escrúpulo.

“Mensalão”, só pronuncie para abjurar, como ontem mesmo o companheiro Jilmar Tatto: “Isso que é chamado de mensalão, e que nós, petistas, repudiamos e afirmamos que não existiu, tem sua própria rotina. Será julgado pelo STF. Se quisermos falar desse episódio, temos de tratar de financiamento de campanha, e não de ocupação da máquina do Estado, como queria o Cachoeira. Mensalão é caixa 2, é outra coisa”.

“Hegemonia”, na língua do PT, é isso: a pretensão de reescrever numa penada o dicionário e a história do Brasil.

Cada louco com a sua mania… Essa pelo menos facilita a vida dos institutos de pesquisa. O entrevistador chega numa esquina movimentada e pergunta: “Quem aí acredita que o mensalão não existiu?” Quem levantar a mão é petista.

Eduardo Graeff, 13/04/12
http://www.eagora.org.br/arquivo/a-lingua-do-pt


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Junte-se a nós por um Brasil limpo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOLTE SEMPRE!

Photobucket